Apenas cores... Vida... Sorrisos...

19
Abr 10

Tive-te por breves instantes... Breves, intensos e felizes... Um pouco toldados pelo eterno medo de perder, mas ainda assim bem vividos. Agora que não estás fisicamente perto de mim, a tua presença faz-se notar cada vez mais... Em cada pensamento, em cada recordação, cada acto meu te invoca! Pena que não te dês conta disso e tornes tudo ainda mais dificil... Penso muitas vezes que triste fado é o meu, já me revoltei contra tudo e contra todos tentando encontrar as respostas ou a simples fórmula encantatória que nos una de novo... Que me faça voltar a serb aquela menina que sempre via o bom, o simples... Mesmo quando tudo ruia à minha volta...

Parece uma outra vida... Bem, bem distante... Já não sou eu...

publicado por Smile às 19:01

Bela declaração de amor.

Bela maneira de se dizer que o amor existe, que mexe connosco, que nos transforma, que nos engana, que simplesmente nos faz sentir.

Modestas palavras que nos levam a jardins proibidos, a palavras ousadas, a odores maresios.

Lindos sonhos de menina, fantasia que nos devolve a mocidade, nostaligia de ainda poder simplesmente sonhar.

*
Lovely a 19 de Abril de 2010 às 19:37

Já viste! Já ando lamechas e tudo... Pior é que é tudo isto que sinto...
:/
Smile a 19 de Abril de 2010 às 19:40

Já viste para que uma mãe cria uma filha?

JASUS.
Aproveitemos a vida, vamos estar demasiado tempo mortos.

Lovely.
Lovely a 19 de Abril de 2010 às 19:43

CARPE DIEM!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Não digas a ninguem que agora faço declarações lamechas na net... Tenho uma reputação a defender!!!
Smile a 19 de Abril de 2010 às 19:48

Acho que está à vista de todos.

Não vamos entrar em damagogias.

*
lovely a 19 de Abril de 2010 às 19:55

Ainda bem que o blog é anónimo!
:P
Smile a 19 de Abril de 2010 às 19:56

Ainda bem que ninguém imagina a quem possa pertencer esta identidade...

Senhora deputada não entre por esses caminhos obscuros. Concentre-se na realidade.
Lovely a 19 de Abril de 2010 às 20:01

Cara ministra, não tente fuzilar o meu anonimato! É um dever que me assiste em democracia!
Anonimato não é um caminho obscuro... É a maravilhosa liberdade de expressão!
Smile a 19 de Abril de 2010 às 20:04

Sei bem q as coisas não estão faceis, mas não desistas desse amor, nunca te vi assim, com um brilhozinho no olhar q iluminava tudo para onde olhavas, com um sorriso tao presente que contagiava quem te rodeava, tão leve que eu diria q flutuavas. Eu quero continuar a ver-te assim!!!
Não deixes de lutar!
Bjnhu*
Anónimo a 19 de Abril de 2010 às 21:37

Por muito fatela que seja dizer isto... Parte de mim tambem partiu...
E custa... Ainda mais agora...
Smile a 19 de Abril de 2010 às 22:39

Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO